jc
Geral

Deputada Estadual Sofia Cavedon protocolará projeto de lei pelo fim da exportação de gado vivo no RS

Em resposta a retomada nesta segunda-feira, 27, das exportações de gado vivo no Rio Grande do Sul, a deputada estadual Sofia Cavedon (PT-RS) preparou e vai protocolar um projeto de lei para banir essa prática no Estado

28/12/2021 15h32
Por: Fernando Gadret
Fonte: Marta Resing
29
Divulgação/M.Resing
Divulgação/M.Resing

Em resposta a retomada nesta segunda-feira, 27, das exportações de gado vivo no Rio Grande do Sul, a deputada estadual Sofia Cavedon (PT-RS) preparou e vai protocolar um projeto de lei para banir essa prática no Estado, e buscará a assinatura dos demais deputados e deputadas. Neste momento, 20 mil bezerros vivos estão a caminho do porto de Rio Grande, RS, onde o embarque já foi autorizado. Os animais seguirão para o Egito, numa viagem de 20 dias em alto mar. Nas últimas semanas, a sociedade intensificou uma campanha nas redes sociais exigindo o fim da exportação de gado vivo, por violar os direitos animais, além de representar riscos para a saúde humana, para o meio ambiente e ser prejudicial para a economia do país. De acordo com a autora do Projeto, “sujeitar animais a uma viagem de 20 dias em alto mar, sem qualquer conforto térmico, em local insalubre, fétido, sem espaço para locomoção, é uma tortura que fere os animais não humanos e a Constituição brasileira, que proíbe o maus-tratos aos animais”, justificou Sofia. “Estamos num patamar civilizatório em que o sofrimento animal injustificado não é mais tolerado pela sociedade”, completou.De acordo com a coordenadora Nacional do Setorial de Direitos Animais do PT, Vanessa Negrini, exportar animais vivos é cruel e péssimo negócio para o Brasil. “Na contramão de boa parte do mundo, o Brasil segue exportando gado vivo, para atender a interesses de pequena parcela de pecuaristas que deseja lucrar com base na tortura e sofrimento animal. No entanto, é o país quem perde empregos, arrecadação de impostos e arca com os prejuízos ambientais e riscos pandêmicos. ”, afirmou Vanessa.O presidente do PT-RS, deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) afirmou que o Partido dos Trabalhadores estará uníssono para aprovação deste projeto no Estado. A preocupação com o potencial pandêmico da atividade está entre as preocupações do PT. “Com a COVID-19 um número crescente de países está limitando ou eliminando totalmente a prática do transporte de animais vivos. Não podemos brincar com a vida das pessoas e dos animais. Os epidemiologistas da Organização para Alimentos e Agricultura da ONU estão entre os maiores críticos da exportação de animais vivos por favorecer a propagação de doenças. ”, justificou Paulo Pimenta. A presidenta do PT, Gleisi Hoffmann (PT-PR), também se manifestou em suas redes sociais contra a exortação de gado vivo.A coordenadora Estadual do Setorial de Direitos Animais do PT-RS, MarcelleToscani, ressalta que o projeto apresentado pelo PT visa acabar com uma prática abusiva para os animais e para a economia. “É inegável o sofrimento dos animais confinados em viagens tão longas, expostos a todo o tipo de estresse, sem mencionar as condições higiênicas, que são propícias ao desenvolvimento de doenças.”, sustenta Marcelle.MANIFESTAÇÃO. Nesta terça-feira, 28, manifestantes estão convocando atos em Porto Alegre e em Rio Grande contra o embarque dos animais. Em Porto Alegre, o ato ocorrerá na frente da sede do Governo Estadual (Palácio Piratini), a partir das 17 horas. Em Rio Grande, a manifestação será no portão 2 do Porto de Rio Grande, a partir das 17 horas.Para mais informações sobre os atos:53 99959-0062 (Rio Grande - Kátia) 51 98117-5981 (Porto Alegre - Graciela)61 96772600 ( Vanessa Negrini) PoA  28/Dezembro/21Fonte: Deputada Sofia Cavedon - 51 998965729Jorn Marta Resing - 51 996770941 Foto Divulgação

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.