jc
Turismo

Argentina investe no Festuris para recuperar economia através do Turismo

Fronteiras do país para turistas estrangeiros foram abertas oficialmente na segunda-feira (1); desvalorização do peso argentino pode baratear viagens

08/11/2021 17h21
Por: Fernando Gadret
Fonte: JC Melo DAVila
23
Divulgação/Laura GAllas
Divulgação/Laura GAllas

Responsável por 10% do PIB da Argentina, o Turismo é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento das economias regionais do país sul-americano. Diante da crise econômica enfrentada pelos argentinos, potencializada pelos efeitos da pandemia, a atividade turística pode ser um dos motores desta recuperação da Argentina, para que volte a beneficiar setores produtivos ligados a essa cadeia. 

 

Ao acreditar nisso, o país participa do Festuris, que começou nesta quinta-feira (4), em Gramado/RS. O país investirá na promoção dos destinos turísticos e atrativos, buscando atrair novos visitantes. As fronteiras argentinas também foram abertas nesta semana para turistas estrangeiros que cumprirem os requisitos estabelecidos, o que deve fomentar a chegada de brasileiros e de outros vizinhos do continente. 

 

“Sabemos que a recuperação do turismo não será fácil não só na Argentina, mas em todo o mundo. De qualquer forma, acreditamos que a recuperação da atividade será o mais rápida possível porque temos algumas características que nos distinguem e que serão muito demandadas no turismo do futuro, como nossas grandes áreas naturais, boa hospitalidade e respeito ao distanciamento social”, destaca o secretário executivo do Instituto Nacional de Promoción Turística da Argentina (INPROTUR), Ricardo Sosa.

 

Nesta edição específica do Festuris, o principal objetivo da Argentina é informar os turistas no Brasil sobre a reabertura da fronteira, mostrando a preparação do país com protocolos e com um grande esforço tanto do setor privado quanto do público. O destino vai ao Festuris com a ideia de divulgar novas propostas como Turismo Esportivo (golfe, polo e pesca), a reafirmação de sua liderança na América Latina no Turismo MICE, o extenso trabalho de promoção digital nas redes sociais do Visit Argentina, entre outros destaques.

 

“A tudo isso se soma que a Argentina está em um momento incrível em questões econômicas para os viajantes internacionais. Hoje, por pouquíssimos dólares, um turista pode comer nos melhores restaurantes do país ou fazer compras de produtos de alta qualidade a preços mais do que acessíveis. Acreditamos que a reativação será rápida e muito auspiciosa”, projeta com otimismo Ricardo Sosa.

Mais informações sobre a reabertura das fronteiras argentinas, incluindo os protocolos adotados pelo país, podem ser consultadas no site www.argentina.travel/es/page/we-reopen-borders-for-neighboring-countries.

 

--

Laura Gallas
Assessora de Imprensa | Comunicação
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.