jc
Grupo de ajuda

Movimento Fala Comunidade necessita de espaço físico

Foco é o atendimetno a pessoas carentes

17/02/2020 18h11Atualizado há 7 meses
Por: Fernando Gadret
Fonte: Rnata Santos
395
Aqui o depoimento de Renata Santos, fundadora do movimento "Me chamo Renata Santos. Sempre ajudei alguns locais com trabalhos sociais como voluntária. A algum tempo atrás resolvi criar a página FALA COMUNIDADE dentro do meu perfil do Facebook Renata Santos. A mesma foi criada para falarmos de saúde, educação, emprego, moradia , saneamento básico, esportes entre outros além do cantinho da solidariedade. Pois a página é para as comunidades em geral. Criamos um grupo de colaboradores e semeadores no Whatsapp, onde temos a psicóloga Cleci Toledo, Luiz Fabiano engenheiro da construção civil, enfermeira Carmem, nosso mestre CÉZAR PAIXÃO, professor Gian Lucas D'avila-professor de séries iniciais e alfabetização de jovens e adultos, professor André Luiz que tem o time de futebol feminino Real Queen , professor Adriano de danças tradicionalista, informática, capoeira entre outros. Fazemos trabalhos sociais, visitamos famílias e damos alguma ajuda conforme se faz necessário. Mas hoje estamos em busca de um local para ( espaço físico), onde poderemos atender as pessoas. Queremos fazer um trabalho em turno inverso a escola. Trabalhos com idosos, onde vão se sentir útil, vão ensinar seus ofícios para os jovens que vão participar. Acreditamos que para os jovens não ficarem ociosos precisam ocupar, precisam de oportunidades, que os idosos que estão em suas casas tristes por não terem ocupação, venham fazer parte deste trabalho conosco. Assim vão se ocupar, vão se sentir útil e principalmente vão ensinar."O Fala Comunidade é um movimento de pessoas dispostas a fazer o bem , a fazer a diferença. Não somos ONG. 
Hoje temos: Presente- Renata Santos Vice-presidente-Derli Secretário e tesoureiro Júlio César Primeiro Conselheiro fiscal Adriano Segundo conselheiro fiscal-Carmem
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.